Métodos de pagamento: seu e-commerce está preparado?

AUTOR Thaiane Pinha / Data 19 fevereiro, 2019 / Categoria: Gestão de E-commerce

métodos de pagamento

O objetivo de toda empresa dentro do mercado, além do reconhecimento de marca, é gerar receita. Plataformas de e-commerce e market places ao redor do mundo todo têm se adaptado às tendências de mercado e buscado vantagens competitivas em relação aos concorrentes. Seja ofertando preço baixo, melhores produtos, entrega rápida ou diferentes métodos de pagamento, tudo se resume em tornar o processo de compra do consumidor uma boa experiência.

Métodos de pagamento mais populares e quais os benefícios para o seu negócio

métodos de pagamento

O método de pagamento deve se adequar ao perfil do usuário.

Comprar em um e-commerce é muito diferente de uma loja física por diversos motivos. As imagens e descrições dos produtos devem estar bem próximas da realidade, uma vez que o cliente não pode ver de perto ou tocar; e a equipe responsável pelo atendimento online deve estar preparada para todos os tipos de perguntas e ser capaz de responder as dúvidas com detalhes e informações consistentes.

Assim que selecionado o produto desejado, como na loja física, chega o momento de optar pelo método de pagamento, ou seja, de que maneira o cliente vai efetuar o pagamento pelo produto que está comprando.

É muito comum que as lojas físicas aceitem pagamento em dinheiro vivo, cheques, cartões de débito ou crédito. Entretanto, se tratando de e-commerce, os métodos de pagamento merecem uma atenção especial.

Por isso, separamos alguns dos métodos de pagamento mais conhecidos no mercado e quais as características e benefícios de cada um, para que você possa acertar de primeira na configuração do seu e-commerce.

métodos de pagamento

O boleto bancário é o segundo método de pagamento mais utilizado no e-commerce brasileiro.

Boleto bancário

Como um dos métodos de pagamento mais conhecidos, o boleto bancário se trata de um título de cobrança gerado pelo banco em que a empresa possui conta aberta, ou demais softwares capazes de gerar títulos de cobrança.

Para realizar uma compra a partir de boleto bancário não é necessário ter uma conta no banco, já que o boleto pode ser pago em qualquer banco, agências dos Correios, Lotéricas e até mesmo alguns supermercados. É o método considerado mais seguro pelos usuários, uma vez que não é necessário fornecer informações como número de cartão de crédito ou conta bancária.

Porém, como ponto negativo, existe a demora na confirmação do pagamento ao vendedor, que pode levar até 5 dias, atrasando o envio do produto ou liberação do serviço.

Gateway de pagamento

Pode-se dizer que o gateway de pagamento funciona como uma ponte entre o e-commerce e as adquirentes (operadoras).

Basicamente, a tecnologia do gateway coleta as informações do cliente dentro da plataforma de comércio eletrônico e as encaminha para a adquirente, que dá prosseguimento no processo. Em uma analogia bem simples, o gateway de pagamento é a forma virtual da maquininha de cartão.

métodos de pagamento

Os gateways de pagamento equivalem às maquininhas de cartão das lojas físicas.

O gateway tem vários pontos positivos a serem levados em consideração, mas um dos mais importantes é a sua integração. Uma vez integrado na plataforma de comércio eletrônico, a própria tecnologia providencia a integração com as demais adquirentes, ou seja, a partir do primeiro passo todo o trabalho fica por responsabilidade do gateway.

Se você busca por um gateway de pagamento para seu e-commerce, a Vindi e Pagar.me podem ser excelentes opções.

Subadquirente ou intermediário de pagamento

Uma subadquirente, ou intermediário de pagamento, pode ser facilmente confundida com um gateway de pagamento. Mas cuidado, há uma grande diferença entre ambos os métodos.

Diferente do gateway, a subadquirente não faz a ponte entre o e-commerce e o adquirente, mas é o próprio canal entre eles. De uma maneira mais simples, o processo é centralizado no intermediário.

Apesar da facilidade, há ainda alguns pontos nesse método que exigem atenção!

Por trabalharem sob contrato de porcentagem sobre as vendas, as taxas podem ser pouco atrativas para o e-commerce em questão e, uma vez que o checkout (etapa de conclusão) é feito na própria página da subadquirente, é possível que o usuário sinta-se desconfortável e desista da compra.

métodos de pagamento

O processo de análise e confirmação do pedido é feito através das adquirentes.

Adquirente

A adquirente, também conhecida como operadora, é a responsável por analisar os dados transmitidos pelos gateways e, logo após, dar início ao processo de análise e confirmação da compra. Também é de responsabilidade da adquirente checar informações com as bandeiras e os bancos de cada cliente e, a partir dessas informações, aprovar ou não o pedido.

Em um exemplo simples, o gateway do comércio eletrônico encaminha ao adquirente (a operadora que faz a análise e processamento dos dados) as informações coletadas, e então a adquirente entra em contato com o banco ou bandeira do cliente para checar a veracidade das informações, assim como limites e créditos.

Caso todas as informações sejam verdadeiras, não seja identificado qualquer tipo de fraude e não haja restrições por parte do banco ou bandeira, o pedido será concluído.

Algumas das adquirentes (operadoras) mais conhecidas no Brasil atualmente são: Cielo, Getnet, Rede e Stone.

Não se esqueça de analisar seu negócio!

Imagine que, diferente de você chegar na loja, conversar com o vendedor e escolher o produto, se dirigir até o caixa e entregar o dinheiro, ou passar o cartão na maquininha que vai te gerar um recibo na hora, o usuário está navegando em um site, escolhendo um produto a partir de fotos e descrições e cadastrando suas informações em uma base de dados para ele desconhecida.

Sabemos que, ao mesmo tempo em que existem usuários despreocupados ou até mesmo mais esclarecidos em relação a compra online, ainda há um enorme número de pessoas muito desconfiadas, como os vovônautas, por exemplo.

Antes de tomar qualquer decisão, é de grande importância uma análise da estrutura do seu negócio, público-alvo, posicionamento, objetivos e metas. Lembre-se que cada empresa tem sua particularidade e que essa é a força do seu projeto.

Agora você já conhece e entende os principais métodos de pagamento, então está na hora de fazer seu e-commerce gerar bons resultados! E pode contar conosco para mais esse desafio!

Quer descobrir como aumentar a presença da sua marca no meio digital e alavancar suas vendas? Vem tomar um café com a gente e bater um papo sobre marketing digital!

 

Leia também: NPS: A fórmula para descobrir quem são os promotores da sua marca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *